A residência está situada na Marina Ilha Verde, em Pelotas-RS, em lote às margens do Arroio Pelotas.

A acentuada profundidade do terreno foi determinante nas premissas do projeto: para maior proximidade ao arroio e aproveitamento das visuais seria necessário percorrer uma grande distância desde o alinhamento predial até o fundo do lote. Assim, a casa implanta-se em partido linear, em que se transita a partir de zonas opacas na porção frontal do lote até o fundo do terreno, onde zonas envidraçadas, de convívio, integram-se ao arroio.

Muros de pedra da região, além de acentuarema horizontalidade da edificação e delinearem o percurso de acesso à casa, dividem o conteúdo programático em zonas de serviço e áreas sociais.

Volumes e pérgolas em balanço, em concreto aparente, possibilitam maior continuidade interior-exterior e criam espaços de convívio sombreados.

O pé-direito duplo e o pátio interno contribuem para o maior conforto ambiental, possibilitando insolação adequada e ventilação cruzada.

O pavimento superior abriga os dormitórios que, protegidos por portas-camarão em madeira, possuem ventilação e opacidade controladas.

A suíte principal integra-se a uma sacada com visual para o arroio, emoldurada por uma casca de concreto aparente em balanço.

DETALHE DO PROJETO
OBRA CASA DO ARROIO
TIPOLOGIA RESIDENCIAL
LOCALIZAÇÃO MARINA ILHA VERDE – PELOTAS-RS
ANO 2013
ÁREA 572,48
EQUIPE OTÁVIO RIEMKE, EDUARDO RIEMKE, JULIANA FRIO, ISABELLA PAREIRA